fbpx

Muita gente tem dificuldade para escolher entre piso vinílico ou laminado. Eles são parecidos e dependendo da sua necessidade não fará diferença qual dos modelos escolher. Vamos te mostrar as diferenças para te ajudar nessa escolha.

Um dos pisos mais nobres e desejados são os de madeira. Eles proporcionam conforto térmico e acústico, além de serem um clássico da arquitetura. Porém o custo elevado, necessidade de manutenção e questões ambientais fizeram com que eles fossem deixados um pouco de lado.

Para suprir essa necessidade surgiram pisos que imitassem a madeira, tanto no aspecto quanto nas características. E temos duas opções muito populares: vinílico ou laminado.

Ambos são alternativas mais econômicas e sustentáveis em relação ao uso de madeira maciça. Possuem bom custo-benefício, facilidade de instalação e manutenção, além de outras vantagens, confira:

Do que são feitos

O piso laminado vem em réguas e é composto por derivados de madeira. Possui espessura entre 7 e 8 mm e é dividido em camadas da seguinte forma:

  • Uma base de material sintético;
  • O miolo, conhecido como substrato. Feito de HDF (compensado de madeira de alta densidade);
  • Lâmina decorativa. Pode ser papel impresso ou filme de madeira;
  • Overlay. Película responsável pela durabilidade do piso.
vinilico ou laminado
Piso laminado

Já o piso vinílico tem aspecto emborrachado e vem em rolo, placas e réguas. Eles são fabricados com uma mistura de materiais em diferentes proporções, dependendo do tipo de piso vinílico. Os pisos em placas e réguas são compostos por várias camadas que na maioria dos casos são as seguintes:

  • Base: serve para ter aderência ao adesivo e contrapiso. Nos pisos clicados serve para fazer o encaixe entre as placas;
  • Camada de PVC: é o corpo do piso, proporcionando resistência;
  • Fibra de vidro: proporciona estabilidade extra ao piso.;
  • Camada impressa: responsável pelo visual do piso;
  • Capa de uso: confere resistência e textura ao piso;
  • Proteção UV: protege o piso contra o desbotamento causado por raios UV.

Por ser feito de materiais sintéticos, o piso vinílico é resistente aos cupins

Características

Conforto térmico

Ambos são pisos quentes e por isso proporcionam a sensação de conforto ao toque no piso. Por isso podem ser instalados em quartos e cidades de clima ameno.

Estética

Esses pisos são bonitos. A alta qualidade de impressão permite a reprodução de estampas que imitam madeira, cimento queimado, ladrilhos e pedras naturais. A variedade de estampas é enorme! Veja alguns modelos da Finottato aqui, tenho certeza que também vai achá-los lindos.

Versatilidade

É possível instalar o laminado e o vinílico tanto na parede como no teto, além é claro, do piso. No caso dos laminados é necessário um suporte de madeira na parede para receber o piso.

Para a colocação no teto é importante que os pisos não sejam clicados, e sim os que usam adesivo na instalação.

Conforto acústico

Por serem produzidos com madeira, os laminados fazem mais barulho que os vinílicos. Aquele “toc-toc” quando se anda com sapato de salto é comum nos pisos laminados. Existem mantas acústicas que são instaladas com o piso e reduzem bastante a propagação do som.

O piso vinílico não faz esse barulho pois sua composição é emborrachada. Da mesma forma, ele dificulta a propagação do som ao ser utilizado nas paredes e no teto.

Limpeza

Deve ser feita com pano úmido e detergente neutro. Nunca devemos jogar água com balde sobre o piso para limpar. Tanto o piso vinílico quanto o laminado não devem ficar submersos em água. Ao cair um líquido no piso laminado você deve secar imediatamente, pois ele pode absorver o líquido e inchar.

Já o vinílico, por ser um composto emborrachado, não absorve água e nem incha. Isso faz com que ele seja indicado para quem tem pets. Da mesma forma, ele pode ser instalado na cozinha, desde que lave-a com pano úmido e não com baldes de água, o que não é indicado para o piso laminado.

Instalação

Os dois pisos são de rápida e fácil instalação. Podem ser instalados sobre o piso antigo, desde que esteja bem nivelado, o que evita quebra-quebra, barulho e sujeira. O piso laminado só não pode ser instalado sobre o carpete, enquanto o piso vinílico não pode ser instalado sobre madeira, pedras ou cerâmicas com placas que estão soltando, pintura epóxi e carpete.

Ao instalar o vinílico sobre pisos antigos, o melhor é utilizar massa niveladora ou autonivelante para cobrir os buracos e rejuntes.

Para instalar os laminados deve-se colocar uma manta sobre o piso existente. Existem diferentes tipos de mantas para cada situação: térreo, andar superior e manta acústica.

Tanto os laminados quanto os vinílicos possuem modelos que são instalados com adesivo e modelos de encaixe macho-fêmea, chamados de clique. Por isso eles podem ser desmontados e instalados em outro cômodo.

O laminado tem uma soleira na passagem de um espaço para outro, chamado de perfil de dilatação.

Onde pode ser instalado

Ambos os pisos podem ser instalados em ambientes residenciais e comerciais. O vinílico possui algumas aplicações industriais. Devemos prestar atenção nas especificações do fabricante a respeito do tráfego que o piso suporta.

Como o piso vinílico é impermeável, ele pode ser instalado tanto na cozinha como no banheiro, além de quartos, salas e corredores. Só não podemos jogar água sobre ele para limpar e nem instalar em locais onde empossa água, como box de banheiro e áreas externas.

vinilico ou laminado
Piso vinílico

Valores

Ambos os pisos têm valores acessíveis. O laminado possui valores mais em conta, com preços a partir de R$30 o m². Já os vinílicos podem ser encontrados a partir de R$50 o m². Nesse valor não estão inclusas as mantas do piso laminado, nem a mão de obra.

Pronto, agora você já viu as principais diferenças entre os dois tipos de piso. Se estiver na dúvida veja 11 dicas para encontrar o piso ideal para você. Também preparamos um material completo para te ajudar nesse momento, o Guia do Piso Vinílico. Com todas essas informações fica mais fácil decidir entre vinílico ou laminado. Boa sorte na sua obra!

guia do piso vinilico

Guia do piso vinílico

Tire todas as suas dúvidas sobre pisos vinílicos!

Acessar gratuitamente

Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades da nossa Loja e Blog.


    André F.G.

    Designer, formado pela UFSC.

    1 comentário

    Valeria Arruda · 26/10/2021 às 11:05

    Adorei as dicas maravilha.

    Deixe um comentário

    Avatar placeholder

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Open chat
    Precisa de ajuda?